Sobre o livro

Inspirado no conto da bela adormecida, o Labirinto de Mil Corações Mudos apresenta implicações que remontam ao início das tradições orais quando as histórias não desejavam somente entreter crianças, mas sim tecer um panorama da linguagem simbólica dos conflitos humanos.

Sofia está prestes a realizar a cerimônia que definirá novos rumos para sua vida, mas as pessoas não controlam seus destinos. A profecia, lançada quando ainda era um bebê, está para despertar e outra história começará a ser contada.
Vida, amor, morte e renascimento, equilibram-se na balança do tempo. Equilíbrio sustentado pelas virtudes de Sofia, e por Licaeus, nascido de uma mitologia que está além dos véus que abrem esta história.

O que poderia ser uma versão de um conto da bela adormecida se transforma em um registro de amor e de perda. Desejos poeirentos são sepultados ao lado de amarguras e esperanças no Labirinto de Kadmirra, em cujas portas o contador de histórias permanece sentado. Para decifrarmos as sutis intenções dos personagens, ou as místicas palavras de Sibila, precisamos viver suas aspirações, o poder criador que trazem dentro de si, pois os seres que povoam estas páginas talvez não sejam realmente pessoas, mas sim folhas das árvores levadas pelo vento que sopra incessante do início ao fim deste livro.

Onde encontrar

Livrarias Curitiba

Editora Inverso

Livraria Cultura

Livraria Midas

Ilustrações

João, o Revelador

Saboni

Sofia

Mapa de Kadmirra inspirado no período babilônico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: